Tiago Cerqueira, nefrologista do HE, esclarece dúvidas sobre a Omicrom, variante do Coronavírus que vem contaminando milhões de pessoas em todo o mundo
7 de janeiro de 2022
O drama de pacientes em tratamento na capital
12 de janeiro de 2022

Luta pela vida – Força tarefa é criada para que pacientes dialíticos da RMBH não fiquem sem tratamento devido à destruição provocada pelas chuvas

Com as fortes e intermitentes chuvas dos últimos dias, várias cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte estão praticamente ilhadas, devido à queda de barreiras e dificuldade de acesso pelas rodovias.

Como a maioria das cidades não dispõe de serviços de hemodiálise, as prefeituras são responsáveis por encaminhar esses pacientes (geralmente por meio de vans) às cidades onde o serviço está disponível.

Por essa razão, hoje foi preciso criar uma verdadeira força tarefa para que nenhum paciente fique sem tratamento. Assim, o Hospital Evangélico (que oferece o maior serviço de hemodiálise do País), através do seu Centro de Nefrologia de Betim juntamente com o Batalhão de Operações Aéreas, as Secretarias Municipais de Saúde e Defesa Civil de Piedade dos Gerais, Brumadinho, Bonfim e Juatuba, com apoio da Secretaria de Saúde de Betim, organizou uma verdadeira estratégia de guerra para levar dezenas de pacientes até o Centro de Hemodiálise do Hospital Evangélico em Betim, onde fazem o tratamento regularmente.

A logística foi organizada nesse último final de semana. Para se ter uma ideia, pacientes de Piedade dos Gerais foram transportados por meio de helicóptero fornecido pelo SUS. Já os pacientes de Brumadinho enfrentaram uma longa jornada que envolveu veículos adaptados para linha férrea e jipes 4X4, assim como pacientes de Bonfim e Juatuba, que precisaram fazer uma rota mais longa e desafiadora. Para facilitar o acesso dos pacientes ao tratamento, as prefeituras estão providenciando hotéis em Betim, até que a situação se regularize.

Toda essa movimentação se faz necessária, pois os pacientes dialíticos têm que fazer hemodiálise dia sim, dia não, impreterivelmente, sob o risco de sofrer seríssimas complicações que podem colapsar o organismo e até mesmo de leva-los à morte.

Hospital Evangélico e Hemodiálise
Hospital Evangélico de Belo Horizonte concentra o maior serviço de hemodiálise do Brasil, atendendo a cerca de 3 mil pacientes em 4 centros localizados em Belo Horizonte, Contagem e Betim, que recebem pacientes de dezenas de cidades da região metropolitana. Os atendimentos ocorrem de segunda a sábado, em três turnos. Cada sessão dura em torno de 4 horas.

Por: DG Comunicação / Ana Paula Drumond Guerra

ana
ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *